Oi, Mari. Vai aí um texto idiota. Beijo. Paz.
Jimi


SOMETIMES

Às vezes, ele sentia a queimação no estômago antes do café da manhã e sabia que não seria fácil com a primeira vítima do dia.
Às vezes, ele sentia cheiro de café ruim e via fantasmas no banheiro no final da tarde e sabia que a noite no parque ia ser movimentada.
No dia seguinte, enquanto a polícia era chamada para recolher os corpos e investigadores oligofrênicos tentavam, inutilmente, explicar aqueles esquartejamentos, ele dormia tranqüilo com o gato, grande e gordo, ronronando sobre seus pés.
O Valium 10mg, nunca menos de dois comprimidos, só era tomado na madrugada quando o jorrar do sangue já se tornara inevitável e os amigos diziam que, porra!, delírios todo mundo tinha.
Desfeito o mal estar inicial, ele sorria e ouvia Frank Sinatra com a orquestra de Tommy Dorsey enquanto o sol insistia em não surgir e o pavor medieval de acabar no presídio virava quase um prazer.



volta